Notícias

1 de Abril de 2022

Campus Picos: Alunos do curso de enfermagem orientam mulheres da cidade de Jacobina do Piauí sobre o câncer de colo do útero e realiza exame de prevenção

Por Leonardo Dias 

Os alunos do curso de Bacharel em Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) campus, Professor Barros Araújo na cidade de Picos, realizaram atividades de orientação para mulheres sobre o câncer de colo do útero e realiza exame de prevenção. O encontro aconteceu ontem na cidade de Jacobina do Piauí.

Solenidade de Abertura do Evento na cidade de Jacobina do Piauí. 

O projeto levou informações como também orientou e proporcionou um apoio dentro da educação em saúde às mulheres da cidade de Jacobina nesse primeiro evento, estimulando-as a fazerem o exame, e dando o suporte necessário às elas quanto ao o câncer de colo do útero. A ideia central dos estudantes contou com apoio da enfermeira Poliana Rodrigues e dos pretende contar com os gestores de cada cidade que desejarem participar do Projeto, a primeira cidade a apoiar foi Jacobina do Piauí, contando com a colaboração das enfermeiras de Atenção Básica e o Secretario de Saúde.

Os alunos do curso de Enfermagem da UESPI, Francielle Gonçalves, Maisa Carla, Marcilene Luz, Carolina Gerônimo, Railan Alves, Maria Vitória, Débora Guedes e Maynara Moura participaram da organização do projeto de extensão.

Organização do evento 

A acadêmica de enfermagem Marcilene Maria da Luz Thomaz explica como surgiu a ideia do projeto como também a importância de trabalhar essa temática. “Nosso projeto é uma extensão do projeto cuidados maternos e neonatais de início surgiram com a ideia dessa questão da orientação às mães gestantes e puérperas quanto ao cuidado com ela mulher e quanto ao cuidado com recém-nascido e aí agora a gente tá dando uma nova extensão que a questão preventiva da realização do exame citopatológico para prevenção do câncer de colo de útero. Jacobina do Piauí foi à primeira das cidades nessa nova etapa do projeto e assim como aqui, faremos atividades de educação em saúde para levar informações ao público, como também estaremos realizando consultas ginecológicas em todas às cidades que passamos, realizando a coleta do material para realização do citopatológico e aproveitando o ensejo para promover atividades de conscientização da importância desse exame para a saúde da mulher”, explica.

O discente do curso de Enfermagem da UESPI Railan Alves, afirma que o projeto foi uma oportunidade de praticar a extensão durante a graduação e de levar o conhecimento que adquiriu durante o curso para mulheres que muitas vezes não tem acesso a informações no seu dia a dia.

“Levar parte do conhecimento que é adquirido como acadêmico na Universidade para os eventos da comunidade, como extensão é e sempre deve ser uma das prioridades da vida de todo aluno e profissional. Sobretudo quando somos da saúde devemos sempre buscar isso. O nosso projeto contando com 08 acadêmicos de enfermagem e alguns professores coloca esse ponto como prioridade, por isso tentamos sempre manter uma ligação e estabelecer pontes com os municípios da região centro sul do Piauí levando voluntariamente aos cidadãos de cada uma dessas cidades um pouco da nossa experiência como forma de retribuir as oportunidades que tivemos durante a nossa formação profissional”, disse.

Câncer do Colo do Útero

Segundo o Instituto Nacional de Câncer, o câncer do colo do útero também é conhecido como câncer cervical e o site aborda as causas da infecção é persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano (HPV) que são chamados de o oncogênicos.

O Instituto trás no seu conceito de infecção genital que o vírus é muito frequente e na maioria das vezes não causa doença. Em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolau), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica do exame preventivo.

O mês de março trás um lembrete para todas as mulheres, aquelas que já possuem informações sobre a temática como também aquelas que não tem acesso a informações sobre a saúde da mulher, por ser um dos maiores câncer que causa morte em mulheres no mundo.

 Projeto: Autocuidado de gestantes e puérperas e cuidados com o recém-nascido

O projeto tem o intuito de direcionar a públicos informações necessárias e que, às vezes, gera dúvida sobre o autocuidado de gestantes e puérperas e cuidados com o recém-nascido. As ações desenvolvidas pelos alunos cumpriram com a missão da Universidade em prestar serviços à comunidade, atendendo necessidades regionais e demandas sociais de treze cidades do Vale do Rio Guaribas. Foram 17 cidades do centro sul do Piauí na edição passada que receberam os universitários com projetos que agregam na saúde.

Um dos organizadores do projeto fala da nova edição do projeto: “Agora já ao fim de nossa caminhada acadêmica, prestes a nos tornar profissionais queremos ampliar o projeto que temos. agora nessa nova edição por meio de pontes e convites ansiamos aumentar esse número para levar educação em saúde ao maior numero de pessoas que conseguirmos” relata o discente Railan Alves.

Mulheres participando de dinâmica de descontração 

Alunos na explanação do conteúdo 

Confira o perfil Instagram do projeto: @cuidadosmaternosneonatais.

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.