Notícias

29 de Setembro de 2021

Pibidianos ajudam alunos a conquistarem medalhas de Ouro, Prata e Bronze na Olimpíada Brasileira de Geografia

Por Liane Cardoso

Alunos do curso de Geografia da Universidade Estadual do Piauí, através do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, auxiliaram estudantes de uma escola pública de Teresina na preparação para a Olimpíada Brasileira de Geografia. Os discentes do CETI Zacarias de Góis conquistaram medalha de Ouro, Prata e Bronze na competição nacional.

Aulas preparatórias 

Sob a coordenação da professora Clemilda Bandeira, os acadêmicos João Vyctor de Sena, Karoline Silva, Valdenilson Carvalho, Luís Felipe de Freitas e Ana Clara, atuam desde junho com ações de orientação para os alunos do CETI. “Começamos a se reunir com os alunos na plataforma Google meet todas as quintas-feiras, com o intuito de apresentar resoluções de questões e breves explicações de conteúdos que costumam cair nas provas, além de algumas dinâmicas e discussões de temas da atualidade”, disse João Vyctor, estudante do 5º período do curso.

Preparativo para a Olimpíada de Geografia

Luís Felipe, também discente do 5º período, destaca que nos encontros eram abordados conteúdos sobre Geografia física, imigração, desigualdade, dentre outros assuntos atuais. “Incentivamos os alunos a buscarem temas importantes da atualidade para serem debatidos, pois prezávamos pela participação ativa deles durante a preparação para a olimpíada”, frisou o estudante.

Além das reuniões semanais no Google meet, os Pibidianos também realizavam acompanhamento com todas as equipes da escola – que estavam participando da Olimpíada – por meio de grupos no WhatsApp.

Equipes 

Dentre as equipes do CETI Zacarias de Góis que estavam concorrendo, conquistaram a premiação: equipe Exploradores do novo mundo com medalha de Ouro, equipe Geodesbravantes com medalha de prata e equipe Supremos com medalha de Bronze. Os jovens participantes da Olimpíada são alunos do 1º e 2º ano do ensino médio.

Representantes das equipes premiadas

Os estudantes foram submetidos a três fases na Olimpíada. Segundo Karoline Silva, no decorrer das fases aumentava a dificuldade das provas. “Incentivamos os alunos a seguirem, eles foram lá e deram o seu melhor, quando saiu o resultado final das três fases, vimos que houveram (dentre as nossas) equipes medalhistas e que uma iria representar o Piauí na fase nacional. Foi um sentimento de alegria, satisfação e muita emoção”, detalhou a futura docente.

A 4º fase acontece no mês de outubro e a competição segue em âmbito nacional.

Experiência

A professora Clemilda Bandeira, supervisora do PIBID na escola,  destaca que a colaboração dos Pibidianos foi fundamental para a conquista que os discentes obtiveram na Olimpíada. Confira no áudio a seguir o que disse a docente:

Yasmin Antonela, estudante 2º ano do Ensino Médio no CETI Zacarias de Góis, conta que a preparação foi bastante eficiente. De acordo com ela, a premiação representa uma grande vitória frente a todas as dificuldades que os alunos enfrentam com o ensino remoto. “Pelo nível da prova ser elevado, afinal era o Brasil todo que estava a concorrer, ficamos inseguros em vários momentos e questionando se o sonho de medalhar realmente iria se concretizar, mas no fim deu tudo certo. Estamos muito felizes, pois foi muito mais que uma simples conquista de uma medalha: foi uma vitória contra as mais diversas barreiras que ainda existem na escola pública. Agora sabemos que somos verdadeiros vencedores!”, concluiu a aluna, representante da equipe que conquistou a medalha de Ouro.

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.