Notícias

10 de Junho de 2021

Professores e alunos da UESPI criam projeto sobre Hanseníase

Por Arnaldo Alves

Professores e alunos da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) criaram o projeto de extensão Hanseníase: desconstruindo um estigma.

O objetivo da ação é ampliar a visibilidade da Hanseníase como problema de saúde pública, além de contribuir para a redução do estigma da doença, orientar os portadores e comunidade em geral, bem como contribuir com o Movimento de Reintegração das pessoas com Hanseníase (MORHAN).

No decorrer das atividades do projeto serão realizadas oficinas, palestras, produção de materiais como podcast, postes, memes e uma cartilha no formato digital para encaminhamento às escolas, instituições de saúde e comunidade em geral.

De acordo com a professora do curso de História e coordenadora do projeto, Valtéria Alvarenga, o Brasil é o segundo no mundo com mais casos de Hanseníase. “Desde de minha tese de doutorado que já trabalho com a história da Hanseníase. A gente tá com esse projeto de extensão para falar sobre o estigma, para despertar a atenção da população para essa doença que é antiga e ainda avança, mas tem cura”, aponta a docente.

O lançamento do Hanseníase: desconstruindo um estigma acontece no dia 17 de junho, às 19h, com a participação de professores, pesquisadores e profissionais de diversas áreas.

O projeto conta com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX); Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL); coordenação de História do campus Poeta Torquato Neto, Núcleo de Estudo em Estado, Poder e Política (NEEPP); Núcleo Permanente Interdisciplinar em Direitos Humanos (NUPIDH); Movimento de Reintegração das pessoas com Hanseníase (MORHAN-PI) e Academia de Ciências do Piauí (ACIPI).

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

scatvids.club A LOT OF CRAP javcinema.com