Notícias

12 de Janeiro de 2021

Aulas remotas superam expectativas e comunidade acadêmica se adapta a nova realidade

Por Priscila Fernandes

As aulas remotas da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) iniciaram nessa segunda-feira (11). O período é de adaptação de toda a comunidade acadêmica à nova realidade e conta com mais de 11 mil alunos acompanhando as aulas de forma on-line através das plataformas do Google.

Os 11 campi da universidade deram início ao período 2020.1 ontem e a comunidade acadêmica encontra-se em fase de adequação ao ensino remoto. A UESPI disponibilizou aos alunos três tipos de auxílio: pecuniário, chips com internet e empréstimos de tablets para que todos possam acompanhar as aulas sem problemas.

Calouros do curso de Letras/Português, campus de Oeiras, acompanham os informes do primeiro dia de aula

De acordo com o diretor do campus de Oeiras, Harlon Lacerda, os professores e a direção do campus bem como de toda a UESPI tem trabalhado para que as aulas aconteçam de forma fluida e proveitosa.

“Aqui no Campus de Oeiras, em termos gerais, ontem foi um início extremamente positivo. As aulas inaugurais ocorreram normalmente apenas com alguns problemas pontuais. Alguns alunos calouros ainda com dificuldades de acessar o e-mail institucional e mesmo de saber manusear as ferramentas remotas. Mas, como disse, foram problemas pontuais logo resolvidos pelos professores e pelas coordenações. Há alguns problemas também de conectividade, mas as listas de novos alunos que sentem necessidade do CHIP estão sendo enviadas a PRAD com a solicitação. Portanto, reitero, que a primeira experiência no dia de ontem, nos três turnos, em todos os nossos cursos, foi exitosa”, explica.

No Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) tudo ocorreu bem e superou as expectativas. O diretor do centro, Omar Albornoz, conta que os cursos deram início de forma tranquila. “Ontem nosso período deu início de acordo com tudo que planejamos. Os alunos tiveram uma boa participação, nós oportunizamos atividades interativas on-line para que os calouros também se sintam mais acolhidos mesmo que à distância”, diz.

Alunos falam sobre expectativas do período

O primeiro dia de aula é sempre muito marcante. Vicky Lopes é caloura do curso de Turismo.  Ela fala que em seu primeiro dia de aula foi muito bom e que está ansiosa para o que vem por aí. “Nós conseguimos acompanhar bem os professores devido a uma recepção que já havia sido feita antes, então eu já conhecia a professora Gracimar. Nossa turma foi muito cordial entre si, então todas as dificuldade que estávamos tendo iríamos nos ajudando”.

A estudante do quarto período do curso de Direito, campus Clóvis Moura, Wannya Fortes, afirma que ficou bastante satisfeita com a modalidade remota.

“A princípio, senti muito receio em aceitar que de fato seria ensino a distância (EAD), mas é o que temos para o momento. Temos que nos adaptar. Creio que se partirmos de uma colaboração bilateral e conjunta, isto é, corpo discente e docente atuando no mesmo propósito, conseguiremos passar por essa fase com sucesso”, relata a aluna.

A veterana Gessiana Barbosa, também do curso de Direito, campus Torquato Neto, acrescenta que que o ensino remoto é uma realidade diferente da que todos estão acostumados, no entanto, é uma opção diante a tudo que estamos vivendo.

“Conseguimos sanar todos os problemas e basicamente minha turma toda conseguiu acesso à aula no primeiro dia. É muito diferente o ambiente, a gente não consegue interagir tanto e a própria professora disse que é complicado saber se a gente está entendendo, mas todos estão se esforçando no novo ambiente. Bem, eu diria que o nervosismo é unânime, pois nem todas as turmas de disciplinas no Classroom foram criadas e já se iniciou o período. A expectativa é de um período conturbado a princípio, porém estamos nos adaptando para voltar ao ritmo de estudo que foi perdido. Já no primeiro dia de aula, a professora nos deu um choque de realidade, por mais que seja difícil, o ensino remoto é a nossa realidade agora e deixar de estudar por essa dificuldade não é uma opção”, finaliza a estudante.

Aos alunos que ainda possuem problemas em com suas respectivas coordenações, confira os contatos no link.

Problemas com o e-mail institucional

Se caso você ainda tenha problemas em relação ao acesso ao e-mail institucional ou dúvidas envie email para dtic@uespi.br informando nome completo, matrícula e CPF.

Confira o passo a passo de como acessar seu e-mail institucional. 

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

scatvids.club A LOT OF CRAP javcinema.com