Prop

17 de Dezembro de 2020

CEPEX aprova resolução que cria Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa na UESPI

Por Arnaldo Alves

O ano de 2020, marcado pelos impactos na sociedade, saúde, economia e educação por causa da pandemia da Covid-19, também se tornou símbolo da importância da Ciência e das pesquisas científicas. As instituições, sobretudo as Universidades, assumiram ainda mais protagonismo e destaque. A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, mesmo com tantas adversidades, tem se mantido atuante nas esferas do ensino, pesquisa e extensão, tendo, em larga medida, a pesquisa como elo que conecta as reflexões de ensino e as ações extensionistas, com o propósito de cumprir seu papel social.

Durante todo o ano professores e alunos da nossa UESPI se adaptaram aos espaços virtuais e ajudaram a sociedade civil e acadêmica com pesquisas e projetos de relevância nacional e internacional.

Recentemente, a universidade recebeu mais uma boa notícia: como forma de incentivar a pesquisa a UESPI, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), prevê o lançamento de edital de Bolsas de Produtividade Interna, pois aprovou a Resolução CEPEX 035/2020 que cria o “Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa na UESPI”. Com a medida, docentes que tiveram seus projetos aprovados quanto ao mérito na chamada do CNPq, mas devido às atuais condições financeiras do país estão fora do limite orçamentário do CNPq, poderão submeter ao edital previsto para ser divulgado no próximo ano.

O professor do curso de Agronomia, Sammy Sidney Rocha, poderá ser um dos beneficiados. Ele desenvolve um estudo sobre a variabilidade espacial de solos em áreas de diferentes fisionomias do Cerrado piauiense. Para ele, o Programa de Bolsas de Produtividade incentiva a sua pesquisa, que tem como foco as áreas desse bioma típico do nordeste brasileiro.

“Resido no extremo sul do Piauí, na cidade de Corrente. Aqui vamos fazer um mapeamento da área do solo, saber de suas carências e potencialidades. Penso que se de fato for concretizado através do edital, essa conquista por mérito veio para somar, pois, ainda é incipiente boa parte das pesquisas desenvolvidas nessa região. Acredito que isso possa incentivar os alunos em futuras pesquisas, além de mostrar as riquezas e possibilidades que o nosso Cerrado possui”, ressalta o professor.

De acordo com a Pró-Reitora da PROP, Ailma do Nascimento, a UESPI conta com sete (07) Mestrados – entre acadêmicos e profissionais – (08) oito cursos de Pós-graduação Stricto Sensu, além de, mesmo em meio à crise, conseguiu aprovar um número maior de bolsas: 75 PIBIC CNPq, 123 PIBIC UESPI, quatro (04) PIBITI CNPq e 10 PIBIT UESPI, além da criação de grupos de pesquisas. Como por exemplo: o Observatório UESPI, que reuniu pesquisadores da instituição com intuito de discutir, orientar e produzir estudos relacionados ao novo coronavírus.

“Esses números e resultados devem ser festejados, mas refletem somente uma parcela dos grandes objetivos e metas da UESPI, que deseja por mais e melhores índices, porque a comunidade acadêmico-científica e a sociedade merecem sempre o melhor. Nesse sentido, desde os cursos de graduação, a UESPI, por meio de seus docentes e discentes, atua incansavelmente para que a pesquisa científica seja cada vez mais valorizada e que alcance resultados sólidos na transformação da realidade social piauiense e brasileira, sem perder o horizonte da interação entre ensino, pesquisa e extensão”, pontua a Pró-Reitora.

Para o Prof. Dr. Franklin Oliveira Silva, Dir. de Departamento de Pesquisa da Prop/UESPI, a ideia dessa nova Bolsa de incentivo a pesquisa é para valorizar e incentivar ainda mais novos pesquisadores e produções da universidade. “A aprovação por mérito de nossos docentes demonstra o comprometimento e a qualidade das pesquisas desenvolvidas na Instituição. Tal resultado é mais um dos muito bons indicativos da UESPI no ano de 2020”, afirmou o Professor.

Quanto ao grupo de pesquisa Observatório UESPI, o Prof. Dr. Pedro Pio Fontineles Filho, membro e Dir. de Departamento de Pós-Graduação da Prop/UESPI, afirma que é mais uma contribuição para o fortalecimento e ampliação  das pesquisas em diferentes áreas. “O ano de 2020 e a pandemia desafiaram nosso corpo docente e fez com que pesquisadores de diversas áreas de atuação dialogassem em um grupo de pesquisa multidisciplinar. O Observatório faz encontros quinzenais para discutir sobre suas pesquisas. Idealizado pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, e motivados pela necessidade da UESPI dar uma resposta sobre como cada área poderia ajudar a discutir e orientar a comunidade sobre o COVID-19. O Observatório UESPI produziu artigos que foram publicados no site da UESPI e estão sendo organizados em uma coletânea que será publicada em formato de e-book  pela editora da UESPI no início de 2021″.

 

Pesquisas

A lista de pesquisas e projetos desenvolvidos em meio à pandemia é extensa e variada. O assunto mais comentado do ano: Covid-19, também foi protagonista nos estudos produzidos na instituição. Foram desenvolvidos pesquisas sobre a previsão do número de casos de Covid-19, uso de Inteligência Artificial para identificar o novo coronavírus, análise de tomografia pulmonar e criação de aplicativos para profissionais da saúde, sistema de monitoramento para atletas, possível meio de inibição da Covid-19 através da fruta do Buriti, atendimento psicológico e residencial online, histórias infantis na quarentena, além de atividades para os idosos.

O Prof. Dr. Laécio Santos Cavalcante, Chefe da Divisão de Planejamento de Projetos da prop/UESPI, destaca que a UESPI aumentou o número na participação de pesquisadores e isso vem para fortalecer o tripé do ensino, pesquisa e extensão. “Esses números e resultados devem ser festejados, mas refletem somente uma parcela dos grandes objetivos e metas da UESPI, que deseja por mais e melhores índices, porque a comunidade acadêmico-científica e a sociedade merecem sempre o melhor. Vamos continuar com nossa missão de contribuir para o desenvolvimento da nossa comunidade, da sociedade e do Estado. Queremos resultados sólidos na transformação da realidade social piauiense e brasileira, sem perder o horizonte da interação entre ensino, pesquisa e extensão”, finalizou.

Você pode conferir a lista com várias outras pesquisas de diferentes temáticas na matéria especial da UESPI divulgada no dia do professor.

scatvids.club A LOT OF CRAP javcinema.com