Notícias

29 de Outubro de 2020

Professores, alunos e egressos da UESPI buscam aperfeiçoamento profissional

Por Liane Cardoso

A busca pela qualificação acadêmica e profissional é uma atividade constante dos alunos, egressos e professores da Universidade Estadual do Piauí. Como resultado desse esforço, a UESPI dispõe hoje de quase 90% dos professores Mestres e Doutores no quadro docente efetivo. Enquanto isso, alunos e egressos seguem desenvolvendo pesquisas e se destacando nos cursos de Pós-Graduação de todo o Brasil.

Oportunidades

Atualmente, a UESPI disponibiliza 07 áreas para ingresso no mestrado, sendo dois mestrados acadêmicos – Letras e Química – e cinco mestrados profissionais – Letras, Matemática, Biologia, Biotecnologia e História. Para além disso, a instituição em parceria com outras IES oferta Doutorado em três áreas: Enfermagem, Linguística e Biotecnologia.

Destaque na formação

A Professora Dalva Stella Ferreira, coordenadora do Programa de Acompanhamento de Egressos (PAE) da UESPI, afirma que a busca pela qualificação é algo excelente tanto para o aluno quanto para a Instituição. “Os egressos da UESPI em grande número procuram os cursos de pós-graduação ofertados pelas IES, tanto no Latu Sensu como no Stricto Sensu”, informou a docente.

Ela ainda destaca que os ex-alunos da instituição possuem interesse em continuar os estudos na própria universidade em virtude da qualidade do ensino. “Muitos egressos fazem questão de continuar os estudos na própria UESPI, segundo constou um questionário do programa. Compreendo que seja pela qualidade do ensino e como prova disso, recentemente, o resultado do Enade evidenciou a qualidade dos cursos da instituição, através das notas 4 e 5 alcançadas por alguns cursos da IES”, destacou a coordenadora do PAE.

Francisco Herbert da Silva é um exemplo de egresso da casa. Formou-se em Letras Português, em seguida cursou uma especialização e posteriormente ingressou no mestrado, sendo todas essas qualificações na UESPI. Atualmente, Francisco atua como professor temporário da Universidade Estadual do Maranhão e atribui essa conquista a qualificação acadêmica.

Ex-aluno durante uma apresentação no mestrado em Letras da UESPI

“É de suma importância buscar o aperfeiçoamento na área como profissional, pois temos mais possibilidades no mercado de trabalho e no desenvolvimento prático e teórico de linhas de pesquisa”, enfatizou o egresso.

Resultados

Adriana da Silva Barros Andrade, docente efetiva do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Piauí, campus de Floriano, foi aprovada em 1° lugar no Doutorado em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal da Universidade Estadual do Ceará. Segundo ela, essa formação contribui tanto para elevar seu nível como profissional, quanto para agregar valor a UESPI.

“Essa qualificação profissional é de suma importância para a UESPI, pois eleva o quadro de docentes com títulos de Pós-Graduação nível doutorado, contribuindo assim positivamente para o prestígio da instituição e favorecendo a produção de pesquisas de conteúdo científico, compartilhamento e debate de ideias. Além de poder envolver a comunidade acadêmica profissionalmente com as atividades de pesquisa e extensão”, explicou a Profª. Adriana da Silva.

Stefanni Maria dos Santos, almeja ingressar no campo da docência e reconhece o mestrado como uma oportunidade de formação necessária. Egressa do curso Administração do Campus de Uruçuí, a jovem recentemente foi aprovada para cursar o Mestrado de Gestão, Inovação e Consumo na Universidade Federal de Pernambuco.

Stefanni na apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso em janeiro de 2020

“É um passo importante, porque vou ter a oportunidade de estar inserida em um programa que me proporcionará mais conhecimento tanto na área docente a qual pretendo atuar como também na área empresarial, na qual desenvolvo a pesquisa”, finalizou Stefanni.

De acordo com o questionário do PAE – aplicado desde 2017 – 60% dos egressos da UESPI que responderam a avaliação tem cursos de pós-graduação concluídos. A UESPI também possui mais de 900 professores efetivos, entre mestres e doutores, dos quais 67 estão afastados para a qualificação profissional. Os dados e relatos revelaram a importância da qualificação e evidenciam o esforço da comunidade acadêmica, contribuindo para que a UESPI se torne uma instituição cada vez mais credenciada.

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

scatvids.club A LOT OF CRAP javcinema.com