Notícias

24 de Junho de 2020

Parceria entre o Observatório da UESPI e a CEPRO estuda ações de combate à pandemia no Piauí

Por Sammara Jericó

Aliança entre as pesquisas feita pelos docentes da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), com as investigações da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais – CEPRO, para munir o Estado com informações científicas que possam ajudar nas tomadas de decisões em prol da vida dos piauienses e, consequentemente, da economia do Estado, foi o resultado do encontro, ontem (23), entre os pesquisadores do Observatório  de Vigilância Sanitária e Epidemiológica da UESPI com membros da CEPRO.

Na ocasião, a Superintendente Liége Moura apresentou o ProPiauí – Pacto pela Retomada Organizada, que o Governo está colocando em ação. Estiveram presentes pela CEPRO além da Superintendente, o Diretor de Estatística Informações, Alberto Ibiapina e representantes da Gerência de Estudos Econômicos, Juciara Linhares e Rebeca Nepomuceno.

Participaram do encontro pelo Observatório a Coordenadora, Profa. Ailma do Nascimento, Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP-UESPI), as Professoras  Sandra Marina, Kátia Brasil e Norma Sueli, além dos professores Vinícius Oliveira, Arnaldo Silva, Rerisson Rocha e Francisco Eugênio Deusdará.

“Tivemos uma explicação melhor do ProPiauí e sobre as investigações que a CEPRO está realizando. Além disso, tiramos algumas dúvidas quanto as pesquisas e os dados que eles usam para o monitoramento e as metas de flexibilização dentro do ProPiauí. Estamos no mesmo caminho para apresentar propostas científicas que possam contribuir com o Governo e também com a população. Precisamos estar unidos nesse momento e essa parceria vai trazer grandes resultados”, afirmou a Profa. Ailma.

No último Boletim, divulgado pelo grupo do Observatório, o Prof. Rerisson Rocha escreveu sobre a incidência da Covid-19 nos municípios do litoral, especificamente Parnaíba, Luís Correia e Buriti dos Lopes. O artigo foi feito em parceria com mais dois docentes, que apontaram dados do avanço da Covid-19 nos três municípios. “Considero que a reunião foi bastante esclarecedora, tratando de pontos não explícitos na versão até agora disponibilizada do documento do ProPiauí. Além disso, destaco a importância da aproximação entre os pesquisadores do Observatório e da CEPRO, pela possibilidade de contribuição mútua quanto aos estudos que vêm sendo desenvolvidos sobre a pandemia de COVID-19 no Estado”.

Reunião remota para tratar sobre novas pesquisas relacionadas as áreas sociais, econômicas e da saúde

De acordo com a equipe da CEPRO, o primeiro relatório sobre os impactos da pandemia no social e na economia foi ainda em Março. Eles investigaram como agia a doença e os efeitos junto à população. Temas como desemprego, formalização, fôlego das empresas piauienses para enfrentar a pandemia e outros pontos foram investigados e comparados com dados antes do isolamento social. Além da parte econômica, os técnicos da CEPRO também trataram sobre o auxílio emergencial e quem tinha direito de recebê-lo.

A Superintende da CEPRO explicou o andamento do ProPiauí e que a flexibilização irá ocorrer com a garantias das medidas de segurança. A ideia do Governo é fazer a retomada de forma gradual, segmentada e regionalizada. Os pilares a serem seguidos para a flexibilização determinados foram: transmissão da doença controlada, risco de surto minimizado, a adoção de todas as medidas  de prevenção em empresas, escolas e locais de grande circulação, perigo de importação do vírus controlado e o engajamento da população.

No ProPiauí, os estágios para a retomada da economia são quatro e, neste momento, o Piauí está na Fase 0, que significa alto risco. Ainda tem a Fase 1, de risco médio; Fase 2 de risco médio baixo e Fase 3 de baixo risco. E em todas as etapas, o Estado está criando protocolos para cada setor/área.

 

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicacao@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

scatvids.club A LOT OF CRAP javcinema.com