Notícias

15 de Março de 2017

ALEPI aprova projeto que altera PCCS dos professores da UESPI

Por Jônatas Freitas

Os professores da Universidade Estadual do Piauí tiveram uma conquista importante na manhã desta terça (14). Trata-se da aprovação, por parte da Assembleia Legislativa do Estado (ALEPI), do Projeto de Lei 01/2017, que altera a Lei Complementar Nº 061/2005, referente ao Plano de Cargos, Carreiras e Salários  (PCCS) dos docentes da instituição.

Com a aprovação, o número de vagas permitidas para doutores e mestres foi readequado, como explica a vice-reitora da UESPI, Bárbara Melo: “O projeto implica em garantir a promoção dos docentes que se titulam mestres e doutores e que estavam impedidos por conta da estratificação no quadro de vagas, e permite também o concurso público. Não houve impacto no número de vagas da lei, mas uma redistribuição de forma a atender a realidade atual do quadro docente da UESPI”. E acrescenta: “Essa é uma grande conquista da categoria docente, uma luta de todos.”

A Universidade conta hoje com 404 mestres e 301 doutores, de acordo com o demonstrativo de janeiro. Assim como Bárbara, o Pró-Reitorde Administração e Recursos Humanos da UESPI, Raimundo Isídio de Sousa, também comentou sobre a aprovação, e lembrou que agora os docentes também podem pedir a mudança do regime de trabalho: “Agora vamos ter vagas tanto para professores mestres e doutores, estes que já estavam qualificados. A repercussão também é financeira, porque antes não estavam sendo enquadrados na folha de pagamento. Essa redistribuição foi feita baseada na perspectiva dos que já estavam qualificados, mas vai contemplar os que já estão afastados para qualificação, além de possíveis qualificações que serão pleiteadas nos próximos 5 anos, mais ou menos, e também permitir que eles estejam mudando o regime de trabalho para D.E ou 40h”, garantiu.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com