Notícias

12 de Setembro de 2019

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Administração Superior

Sobre a informação que vem sendo veiculada nas redes sociais e grupos de WhatsApp quanto a uma proposta de eventual “alteração do plano de cargos, carreira e salários” dos docentes da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), esclarecemos à comunidade universitária que:

1) A Administração Superior reafirma seu papel de administrador das atividades universitárias e, nesse sentido, sempre está na defesa dos interesses de todos que fazem parte diretamente da UESPI, como servidores, técnicos, docentes e alunos; como de forma indireta, à sociedade, que a reconhece como a maior universidade do Estado para proporcionar uma educação superior de qualidade e gratuita;

2) Em relação à última greve, com término em abril, a Administração Superior da universidade se posicionou quanto aos motivos e reconheceu a luta de todos para melhorar a situação da UESPI e, assim, buscou diálogo com o Governo do Estado e a própria ADCESP para encontrar soluções mais emergenciais. Por isso, foi constituída uma Comissão composta por representantes do Governo, Administração da UESPI e Direção da ADCESP, decorrente do Dissídio da última greve, para discutir a realização de Concurso Público e reformulação do PCCS (Plano de cargos, carreira e salários). A Administração Superior é incansável em buscar soluções para melhor atender a todos, docentes, discentes, servidores e técnicos;

3) No âmbito da Comissão, em reunião realizada dia 04.09.19, foi deliberado que a Administração Superior e a ADCESP realizassem um estudo sobre a carga horária docente atualmente vigente na UESPI e dos impactos na contração de professores substitutos com uma eventual alteração de encargos docentes. Ou seja, o debate sobre alterações relativas ao PCCS é de forma conjunta. A ADCESP, como representante da categoria, está nesse diálogo e, portanto, não é uma reflexão unilateral da Administração Superior;

4) No referido estudo, compartilhado com os representantes da ADCESP, constatou-se que as 568 (quinhentas e sessenta e oito) disciplinas sem docentes seriam reduzidas em cerca de 70% (setenta por cento) com consequente diminuição da necessidade de contratação de professores substitutos;

5) Temos feito uma gestão baseada no diálogo com os diversos segmentos de nossa instituição e com a sociedade em geral, por isso, a Administração Superior se surpreende com afirmativas que não confirmam essa ação. Estamos levando para todos os envolvidos as informações necessárias para que juntos possamos resolver os desafios da gestão de uma universidade como a UESPI;

6) Sempre tratamos e vamos continuar tratando a coisa pública com o zelo que ela merece e é compromisso nosso continuar trilhando esse caminho que consideramos o mais apropriado, por mais difícil que possa se apresentar.

Com atenção,

Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí

Seu curso tem um projeto bacana e quer ver ele aqui no site da UESPI?
Envie informações à Ascom para o email: comunicação@uespi.br

Siga a #NossaUespi nas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.