Notícias

16 de Abril de 2019

I Congresso Internacional Faces de Eros discute o erotismo em diversas vertentes

Por Clayton Gomes

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) promove entre os dias 28 e 30 de agosto o I Congresso Internacional Faces de Eros, no campus Poeta Torquato Neto, em Teresina. O evento é organizado pelo Núcleo de Estudos Literários e Gênero (NELG), Núcleo de Estudos Literários Piauienses (NELIPI), Mestrado em Letras da UESPI, pela Universidade de Sorbonne (França) e Universidade de Lisboa (Portugal).

Contando com conferencistas que possuem atuação nacional e internacional, o evento é centrado nos estudos sobre o erotismo nas literaturas e culturas luso-afro-brasileiras e procura refletir sobre o erotismo nas suas mais variadas perspectivas, por meio de conferências, mesas redondas, mesas plenárias, sessões de comunicações e pôsteres, de acordo com as seguintes linhas de investigação: Erotismo no contexto brasileiro; Erotismo no contexto africano; Erotismo no contexto português; Erotismo e Literatura; Erotismo e Teatro; Erotismo e Cinema; Erotismo e Psicanálise; Erotismo e Sociologia; Erotismo e Sagrado; Erotismo e Estudos de Gênero; Erotismo e Teorias Queers.

Segundo Orlando Luiz, professor associado da Universidade Federal do Ceará (UFC), onde atua na graduação em Letras, Filosofia e Teatro, e no Programa de Pós-Graduação em Letras e Literatura Comparada, a proposta de sua mesa, que coaduna com a do evento, é tratar do amor, Eros, numa perspectiva histórica, literária, estética e política. “A mesa se propõe a debater o erotismo em suas diversas manifestações. O tema não pode ser fechado em uma única perspectiva ou em uma definição, mas é plural por essência, especialmente quando se confunde com o desejo, com a energia sexual, com o sagrado e o profano”, afirma o palestrante.

“O intercâmbio entre professores, pesquisadores de diversas universidades do Brasil e do exterior é sempre um fato interessante, porque podemos discutir nossas pesquisas, podendo dialogar com outros olhares, favorecendo e consolidando a essência da universidade que é a liberdade de pensamento. Falar do amor, reunindo tantas pessoas em torno do tema, é um ato político e de resistência”, completa.

Professor Orlando Luiz (UFC)

Professora de Literatura Portuguesa Contemporânea da Sorbonne Université (Paris-França), Maria Araújo abordará o erotismo presente nas obras de Florbela Espanca. “Eu me interesso bastante pela escrita de mulheres na Literatura. Irei trabalhar questões relacionadas ao corpo da mulher, sexualidade, gênero e erotismo presente nas obras, temáticas essas que tenho desenvolvido em minhas pesquisas na Sorbonne”, diz.

Outro palestrante que estará presente é Fabio Mario, professor de Literatura Portuguesa da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) e pesquisador do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL) da Universidade de Lisboa (Portugal). Assim como a palestrante Maria Araújo, o docente irá abordar temáticas relacionadas à mulher. “Irei discutir o período em que a mulher passou a falar sobre seu corpo e seus desejos na Literatura, principalmente na portuguesa, sofrendo represálias da sociedade. Pretendo discutir essa temática no âmbito da Literatura e debater a forma que os sistemas conservadores agiam e cometiam atos de repressão à essas mulheres, fazendo um paralelo com a atualidade”, pontua.

Coordenadora local do evento, a professora Algemira Macêdo, afirma que a importância do Congresso tem uma dimensão que transcende os estudos e pesquisas locais. “Nós iremos estudar as imagens e representações de Eros nas literaturas e artes. Teremos contato com professores de universidades de outros estados e países. Essa parceria é resultado de um processo de internacionalização que temos buscado, com o objetivo de promover convênios, intercâmbios e estágios. Além disso, incentivar a publicação de mais livros e pesquisas”, finaliza a coordenadora.

Submissão de trabalhos

A submissão de trabalhos para as mesas redondas encerraram. Os interessados em submeter comunicações coordenadas e pôsteres ainda podem enviar suas propostas até o dia 30 de junho. Ambas devem ser enviadas para o site do evento ou para o seu e-mail (congressodeeros.uespi@gmail.com). Os resumos deverão contemplar um dos eixos temáticos propostos pelo Congresso.

Os interessados em expor seus pôsteres precisam ser alunos regularmente matriculados na graduação ou graduados e, também, devem enviar resumos que retratem um dos temas. O participante poderá inscrever até dois trabalhos.

Confira a programação das mesas redondas e mais informações no site do Congresso.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
comunicacao@uespi.br