Notícias

8 de Novembro de 2018

Direito do turista vira projeto de extensão na UESPI

Será que os turistas conhecem seus direitos? Esta pergunta foi uma das motivações da professora mestre Leyde Nogueira Chaves, para a criação do projeto “Manual do Turista Consciente e seus Direitos Humanos”. O trabalho foi desenvolvido durante a disciplina “Direito aplicado ao turismo”.

“O propósito é conscientizar sobre os direitos e deveres do turista que vem conhecer o Piauí. O que percebemos é que em todos os pontos faltam suporte, desde o hotel aos restaurantes. Os visitantes ficam perdidos e acabam nem voltando por conta das frustrações. Em outros estados, sabem nos conduzir melhor, vivem o turismo, aqui não, ainda pecamos nesse quesito. No manual estão todas direitos básicos ao turista”, enfatiza Leyde Nogueira Chaves.

Professora Leyde René e alunos participantes do projeto

Professora Leyde Nogueira e alunos participantes do projeto

O mercado turístico piauiense parece ter absorvido pouco o turismólogo, pois ainda há muita deficiência nos ambientes voltados para os visitantes. A UESPI, assim como outras instituições, forma diversos bons profissionais para atuarem neste ramo, mas ainda falta abertura para que as deficiências sejam sanadas e a atuação de profissionais com esta formação possa resolver boa parte destes problemas.

Ainda segundo a professora, Teresina mesmo não tendo praia é uma capital de negócios e muita gente que vem para resolver algo, muitas vezes não quer voltar para conhecer melhor por não ter tido suporte ou não ter tido atendimento em locais e pontos turísticos.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
comunicacao@uespi.br