Notícias

8 de Novembro de 2018

UESPI e Ministério da Saúde discutem fortalecimento na oferta de Residências Médicas

Por Priscila Fernandes

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PROP) da Universidade Estadual do Piauí esteve reunida com representantes do Ministério da Saúde, em Brasília, nesta quarta-feira (07/11). A reunião teve como objetivo discutir parcerias entre UESPI e o Ministério da Saúde, que trarão melhorias nas estratégias de fortalecimento das residências médicas da universidade.

Pró-reitora da PROP, Bárbara Melo, reuniu-se com representantes do Ministério da Saúde, em busca de fortalecimento de parcerias

Atualmente, a universidade possui doze residências médicas (Otorrinolaringologia, Coloproctologia, Aparelho Vascular, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Terapia Intensiva, Urologia, Nefrologia, Ortopedia, Cirurgia Pediátrica e Ginecologia). O encontro teve como foco a possibilidade do Ministério da Saúde financiar as bolsas dos estudantes em residência médica. Com isso, a UESPI está buscando formas de melhorar a capacitação dos médicos em formação nessas residências.

A pró reitora de pesquisa e pós-graduação da UESPI, Bárbara Melo, está positiva quanto ao retorno do Ministério de Saúde. “Estivemos reunidos com o diretor da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Denilson Campello, e ficou deliberado que nós aguardaremos o edital que o Ministério vai lançar e tentar ampliar as nossas vagas para as residências, e o aluno que se submeter à essas vagas será remunerado com bolsas ofertadas pelo Ministério da Saúde. Essas melhorias proporcionarão melhores oportunidades para os nossos estudantes e melhorias no setor de saúde”, conclui.

Essas ações são importantes pelo fato das residências possuírem um importante papel na consolidação do sistema de saúde pública no Piauí. O intuito da ampliação do financiamento de bolsas busca fomentar principalmente a formação de profissionais cada vez mais preparados para melhor atender os impasses da saúde do estado.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
comunicacao@uespi.br