Notícias

11 de Outubro de 2018

Curso de Pedagogia atinge nota máxima no ENADE

Por Priscila Fernandes

O Ministério da Educação (MEC) disponibilizou os resultados dos cursos das Instituições de Ensino Superior que participaram do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017. Dezessete cursos da Universidade Estadual do Piauí fizeram a prova para avaliar os indicadores de qualidade da educação superior referente ao ano passado.  A nota máxima do exame foi para o curso de Pedagogia, campus Poeta Torquato Neto, em Teresina. O curso atingiu nota 5.

Dentre os cursos participantes estão: Engenharias Civil e Elétrica, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras Português, Inglês e Espanhol, Matemática, Química, Pedagogia e Educação Física, totalizando 1.993 alunos de cursos regulares e do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR).

Para o professor Robson Carlos, coordenador do curso de Pedagogia, esse resultado é fruto do trabalho em equipe entre a direção, coordenação e os próprios alunos. “A gestão presente no centro do curso, a cobrança e acompanhamento dos alunos e o investimento na competência técnica e teórica foram o que levaram ao resultado obtido”, pontua.

“Foi um trabalho em conjunto a longo prazo, 4 anos para um reconhecimento muito grande e isso acontece justamente pelo esforço que os nossos alunos fazem no seu dia -a dia, bem como nossos professores que têm se esforçado bastante para corresponder aos anseios dos alunos”, acrescenta Cleide Arraes, diretora do Centro de Ciências da Educação, Comunicação e Artes.

Outros cursos que tiveram destaque foi o curso Ciências Sociais, turmas dos campi Alexandre Alves Oliveira (Parnaíba) e Poeta Torquato Neto (Teresina), com nota 4,  e o curso de Filosofia também de Parnaíba com nota 3 . Ambos participaram pela primeira vez do exame.

Enade

Nesse ano, o Enade contou com a participação de 537.407 estudantes da UESPI. O exame é realizado todos os anos nas universidades e busca mensurar o desempenho dos estudantes, cursos e instituições de ensino superior. Essa avaliação é utilizada tanto para o desenvolvimento de políticas públicas para a Educação Superior quanto como fonte de consultas pela sociedade.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nas provas são cobrados os conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares, as competências e habilidades para a formação geral e profissional, como também o nível de atualização dos estudantes sobre a realidade brasileira e mundial.

Confira a lista.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
comunicacao@uespi.br