Prop

16 de Abril de 2018

UESPI encaminha projeto para criação de Mestrado Profissional em Direitos Humanos e Acesso à Justiça

Por Carina Rodrigues

Foi realizada nesta segunda-feira (16) a entrega oficial do projeto de mestrado em Direitos Humanos e Acesso à Justiça para a Administração Superior da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Estiveram presentes, o Reitor Nouga Batista, juntamente com membros do corpo docente do curso de Direito. O mestrado profissional trata-se de uma proposta voltada para a ampliação e avanços na área para abordar e discutir todos os âmbitos dos Direitos Humanos.

Entrega oficial do projeto de mestrado em Direitos Humanos

Entrega oficial do projeto de mestrado em Direitos Humanos

O projeto, de acordo com a Pró Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação (PROP), Bárbara Melo, será importante para dar mais força às pesquisas realizadas na área. “Com a aprovação, já pretendemos começar as ofertas para 2019. O mestrado só tem a fortalecer toda a universidade e especialmente as áreas relacionadas aos Direitos Humanos e o acesso à justiça”, afirma Bárbara.

Para a coordenadora do projeto, Profa. Dra. Auricélia Mello, o mestrado irá contribuir para a colaboração de mais atenção e importância na produção de assuntos sobre os Direitos Humanos. “É muito importante para o crescimento do curso e para o crescimento profissional. Todos os alunos e ex-alunos vão ter essa oportunidade. Caso a proposta seja aprovada, teremos acesso a um curso extenso sem precisar sair do nosso estado”, comemora.

O Reitor Nouga Batista, juntamente com membros do corpo docente do curso de direito

O Reitor Nouga Batista, juntamente com membros do corpo docente do curso de Direito

O reitor Nouga Cardoso exaltou a valorização e comprometimento do corpo docente envolvido. “É de uma grande valorização para a instituição, pois estamos reafirmando o comprometimento de um corpo docente qualificado que torna possível o crescimento da instituição. Todos estão de parabéns”, finaliza Nouga Cardoso.

O mestrado irá contemplar alunos e profissionais interessados na área de Direitos Humanos. O projeto já se encontra na Secretaria dos Conselhos onde vai ser entregue ao Conselho Técnico Científico (CTC) e logo em seguida será submetido para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).