Notícias

7 de Dezembro de 2017

UESPI realiza o II Ciclo de Debates de História com tema sobre violência contra mulher

Por Danúbia Rodrigues

Em alusão ao dia internacional da não- violência contra a mulher (25/11), o curso de história da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), campus Prof. Ariston Dias Lima, em São Raimundo Nonato, promove o II Ciclo de Debates de História: 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulher, entre os dias 07 a 11 de dezembro.

O evento traz como objetivo refletir e sensibilizar sobre a situação de violência contra mulheres, além de intensificar as proposições para o enfrentamento dessa violência. A ocasião estabelece uma série de debates que colaborem com a discussão na microrregião de São Raimundo Nonato.

As atividades contarão com a participação dos alunos concludentes do curso de história, professoras especialistas no tema e a delegada da mulher da cidade de São Raimundo Nonato, Dra. Cynthia Verena.

Para a ocasião foram convidados alunos do ensino básico, principalmente do ensino médio para a participação das discussões. O evento é aberto para toda a comunidade.

A professora de História da UESPI e organizadora do evento, Mona Ayala Silveira, comenta que a UESPI entra no rol mundial de instituições preocupadas em combater a violência contra mulher. “Existem três pilares de ação, o combate à impunidade, a atenção às vítimas de violência e a prevenção, realizada principalmente pela educação. É importante ressaltar que este último ponto é uma preocupação e dever de todos, principalmente de instituições de ensino”, afirma.

Segundo a profª Mona Ayala, no evento será realizado uma oficina que colocará a realidade dos problemas de não se empoderar meninas, ministrada por uma professora do ensino básico. A delegada da mulher da cidade explicará para a comunidade o funcionamento da delegacia e dos órgãos de amparo na região.

Campanha “16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres”

A Campanha “16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres”, que tem como ponto alto o dia 25 de novembro, Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher, é uma mobilização mundial, praticada anualmente e simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e poder público.

Desde a primeira edição, em 1991, a campanha já conquistou a adesão de cerca de 160 países e se estende até 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo 06 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.

Veja a programação

07/12 ÀS 16H – EXPOSIÇÃO HISTÓRIA E ARTE: A REPRESENTAÇÃO FEMININA EM DIFERENTES ÉPOCAS. (Alunos concludentes do curso de história)
08/12 ÀS 16H – EXIBIÇÃO DO FILME CAIRO 678
11/12 ÀS 16H – OFICINA SOBRE EMPODERAMENTO FEMININO

(Professora Sília Negreiros – Mestra em nutrição e produção animal e professora da rede estadual e municipal)
11/12 ÀS 19H –  MESA REDONDA “VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: CONSCIENTIZAÇÃO E COMBATE A IMPUNIDADE”

(Dra. Cynthia Verena – delegada da mulher de São Raimundo Nonato

Mona Ayala Silveira – mestra em história do Brasil e professora da Uespi/São Raimundo Nonato)

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com