Notícias

9 de Novembro de 2017

Estudantes da UESPI levam atendimento gratuito de prevenção e cuidado de doenças parasitológicas em comunidades

Por Vanderson de Paulo

Com o intuito de melhorar as condições de saúde de moradores de comunidades com vulnerabilidades sociais, um grupo de alunos do Curso de Biologia da Universidade Estadual do Piauí  (UESPI), Campus Torquato Neto, irá visitar e prestar assistência a crianças com parasitos gastrointestinais. A ação acontece dia 25 de novembro, a partir das 14h, na Casa Espírita Luz de Nazaré, Rua 09, casa 32, Conjunto Vila Maria (Zona Leste), em Teresina.

O projeto “Enteroparasitoses” reúne turmas a cada semestre para realizar ações em comunidades da capital

Os estudantes são responsáveis pelo “Levantamento do Perfil Epidemiológico-socioeconômico de Enteroparasitoses em crianças de 03 a 10 anos”, projeto científico de extensão e pesquisa universitária orientado pela Profa. Dra. Simone Mousinho, do Curso de Biologia da UESPI, com alunos das disciplinas de Parasitologia.

Para realizar suas ações, o grupo arrecada doações que serão levadas ao público atendido. “Precisamos de filtros de barro, chinelos, pentes, sabonetes, itens de higiene pessoal, potes para exames (coletor) para distribuir entre as pessoas e prevenir as parasitoses que causam doenças”, atenta a equipe. As doações podem ser entregues no Laboratório de Zoologia e Biologia Parasitária da UESPI (ZOOBP), Campus Torquato Neto, Rua João Cabral, Pirajá,ou ainda podem ser recolhidas pela organização em local informado.

A ação também conta com parceiros voluntários entre médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, dentistas e agentes de saúde que acompanham as crianças. “Contaremos com atividades para crianças como jogos educativos, palestras de conscientização sobre as parasitoses para os pais e responsáveis, daremos diagnósticos de exames, médicos passarão receitas sobre medicamentos. Ao final teremos um lanche social integrando todos os envolvidos”, adianta a Profa. Simone.

Crianças recebem orientação pela equipe do projeto durante a ação

Segundo a organização, os discentes realizam as atividades nas comunidades e também visitam as casas dos participantes. O aluno se apresenta para a família, entrega cartilhas e explica o projeto. Além de colher material para a realização de exames de fezes e urina. Ao final, são realizadas a entrega dos resultados dos exames, kits de higiene e filtros. 

Projeto solidário 

Iniciado em 2016, o projeto atualmente conta  com cerca de 50 orientandos da UESPI, e é voltado para fomentar a pesquisa e atender a comunidade. “Ele começou com o objetivo de detectar parasitoses, e atualmente o principal objetivo é atender de forma solidária, crianças de Teresina”, comenta Aline Borges, estudante do 8º período de Biologia e autora do projeto. 

Em cada sorriso de uma criança há o carinho dos voluntários | Foto: Simone Mousinho

Aline ainda detalha sobre os resultados dos exames que são realizados no laboratório da UESPI. “Encontramos muitos protozoários patogênicos que podem causar doenças, como a giárdia”, revela ela, cujo objetivo é levar atendimento especial para as crianças. “Tratamos delas levando doação de remédios e encaminhamos os dados para que o Ministério da Saúde e outros órgãos possam saber da situação”, conta.  

De acordo com a professora Simone, as parasitoses intestinais ainda são muito comuns e estão diretamente ligadas ao saneamento básico, relacionando-se ao índice de doenças. “Por conta disso, surgiu o projeto: para ajudar pessoas que muitas vezes não tem acesso ao sistema de saúde, os alunos entendem na prática como ocorrem essas doenças e como podem ser diagnosticadas, auxiliando no controle e prevenção”, avisa a pesquisadora. 

Em sua terceira etapa, o projeto já levou atendimento ao Pelotão Mirim (Zona Sul) e ao Conjunto Vila Maria (Zona Leste).  A execução da pesquisa contempla, ao todo, quatro fases em locais diferentes.

Maiores contatos:  Fone (86) 3225-2749 / ramal 267/ (86) 9 8821-8263 (Aline).

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com