Notícias

18 de Abril de 2017

Alunos do PRONERA/UESPI realizam trabalho de campo no litoral piauiense

Por Wanderson Araújo

Como complemento às atividades de sala de aula, o curso de Geografia do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA), realizou entre os dias 10 e 12 de abril, uma aula de campo no litoral piauiense. A atividade, que é parte da grade das disciplinas de Hidrografia e Geomorfologia, envolveu 42 alunos de vários assentamentos onde o curso de Geografia é ofertado.

Os alunos visitaram diversos pontos turísticos com o objetivo de compreender aspectos gerais da configuração hidrográfica e geomorfológica que se estabelece no litoral piauiense, e também entender como se dá a interação da sociedade com tais aspectos fisionômicos: vegetação, fauna, recursos hídricos, relevo, tipo climático predominante e as características meteorológicas da região. Os professores das disciplinas de Hidrografia e Geomorfologia, Waldirene Alves Lopes da Silva e Jorge Luis Paes de Oliveira Costa e um dos coordenadores do curso de Geografia do PRONERA, Adilson de Apiaim, participaram da ação. “O conhecimento é dinâmico e revolucionário, quando os conteúdos científicos são associados à empiria dos estudantes em uma pratica de campo, o aluno tem a oportunidade de ver no concreto o que estudou em sala de aula, isso é extraordinário para os processos de ensino e formação”, destacou Adilson.

O roteiro teve como pontos de análise o Porto dos Tatus, Foz do Rio Parnaíba – Delta, Igarapés, dunas e lagoas, Praia da Pedra do Sal e a Praia de Atalaia. Os trabalhos do dia foram finalizados no Assentamento Lagoa do Prado, a 20 km de Parnaíba, onde a turma foi recebida pela comunidade na sede da Associação dos Trabalhadores Rurais do Assentamento Lagoa do Prado.

 

Momento de descontração da equipe durante visita ao Delta do Parnaíba

Para o aluno Joaquim Vitor Júnior, do assentamento Marrecas, localizado próximo a São João do Piauí, a aula de campo ficará marcada por ter proporcionado um maior entendimento dos assuntos discutidos na sala de aula e também por ter permitido o conhecimento das belezas naturais do litoral piauiense. “A aula de campo foi de extrema importância para nossa formação, proporcionou um melhor entendimento das discussões em sala de aula. Pudemos ver na prática como funciona o processo de erosão, o transporte no rio, os depósitos de sedimentos nas margens do rio Parnaíba, a ação do homem, o que causa alteração nos fenômenos naturais. A aula também ficará marcada em nossas vidas porque permitiu-nos conhecermos um pouco das belezas naturais de nosso estado”.

O curso de geografia é um dos três ofertados pelo PRONERA em parceria com a UESPI; Pedagogia e Agronomia são as outras duas graduações. Participam também do convênio, levando educação de nível superior a moradores de assentamentos próximos a municípios como Teresina, São João do Piauí, Palmeirais, Buriti dos Lopes, Luzilândia, Joaquim Pires e Piripiri, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária realizou – INCRA.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com